2006/09/29

Lost, not found (yet)

Não sei o que se passa, não sei para onde foi, garanto que já procurei mas não há forma de a encontrar. Perdi a inspiração.
Não sei se é do choque do regresso de férias (já lá vai quase um mês), ou de me confrontar diariamente com coisas tão estúpidas (e não é de me faltar a palavra, são realmente estúpidas, como em estupidez gratuita) que só me apetece desancar quem as faz, citar nomes, humilhar, espezinhar e, na impossibilidade de o fazer, fugir, que não tenho conseguido escrever. Pelo menos, nada de jeito. E, para isso, não vale a pena.
Mas lamento, lamento mesmo. Gosto deste espaço, gosto de me dizer, gosto de dizer o que por aqui vai. Mas neste momento, não estou a conseguir. Talvez amanhã.
Até já, mais uma vez.

4 comentários:

Uxka disse...

Já disseste.
Nem só de mousse vive o homem, mas também de de sumo de limão, sem açucar... Tudo, mas tudo mesmo, tem o seu lugar. Bom fim de semana, bichinha.

S. disse...

És tu e eu.
:S

BlahBlahBlah disse...

E a blogosfera em geral... tudo acometido de um qualquer sindrome pós-férias que deixou a maioria dos autores dos blogues em semi-letargia. Myself included :)

sharkinho disse...

Fala de amor. Resulta sempre.