2006/08/01

O caminho mais fácil

“THE PEROSN WHO DOESN’T MAKE MISTAKES IS UNLIKELY TO DO ANYTHING.”
Paul Arden, It’s not how good you are, it’s how good you want to be.
Pois é, a forma mais fácil de não errar é, realmente, nem chegar a fazer o que quer que seja. Nem querer aprender a fazer, pois haverá sempre alguém disposto (ou obrigado) a fazê-lo por nós.

"É improvável que a pesoa que não comete erros alguma vez faça alguma coisa."

2 comentários:

Bic Laranja disse...

Da obrigação livra-se logo; pois se não sabe, como pode fazer?! E condescende-se se se apresentar diligente:
- Não sei fazer! Se me dessem Formação...
Sim, sim! Mas não é aprender, no que eles seriam sujeitos da acção, é darem-lhe formação. Darem-lhe, faz dele complemento indirecto.
Rolhas!
[Desculpe!]
Cumpts.

Uxka disse...

Na linha da bic laranja (saudades) "em vez de uma lata de sardinhas, dá-lhe uma rede e ensina-o a pescar!" popular provérbio chinês (acho...) adaptado à realidade lusa.