2006/06/27

Ovos

I Need The Eggs

Alvy Singer: I though of that old joke, y'know, the, this, this guy goes to a psychiatrist and says, "Doc, uh, my brother's crazy. He thinks he's a chicken." And, uh, the doctor says, "Well, why don't you turn him in?" And the guy says, "I would, but I need the eggs." Well, I guess that's pretty much how I feel about relationships. Y'know, they're totally irrational and crazy and absurd and, but, uh, I guess we keep going through it because, uh, most of us need the eggs.
Annie Hall (1977)
Daqui

Preciso dos Ovos
Alvy Singer: Pensei naquela velha piada, sabes, o, um, um tipo vai ao psiquiatra e diz, "Dr., ahn, o meu irmão é maluco. Pensa que é uma galinha." E, ahn, o médico diz, "Bem, então por que é que não o denuncia?" E o tipo diz, "Até fazia isso, mas preciso dos ovos." Bem, eu acho que isso é mais ou menos o que eu penso das relações. Sabes, são totalmente irracionais e loucas e absurdas e, mas, ahn, acho que continuamos a metermo-nos nelas porque, ahn, a maioria de nós precisa dos ovos.

8 comentários:

arma disse...

Só me falta perceber que espécie de omelete buscas tu no blog do edie.

Rosmaninho disse...

Se não percebeste até agora, arma, vais continuar sem perceber. Que tens tu que ver com isso? Serás um alter ego do Edie ou és apenas um dos seus súbditos? Que eu saiba, as caixas de comentários dos blogues são públicas e, se não me querem por lá, basta eliminar a possibilidade de comentar ou então apagar os meus comentários. Muito simples. Vou lá porque até agora me dava gozo o despique, mas o Edie partiu para o campo pessoal e isso não me agrada, porque não travo esse tipo de batalhas com desconhecidos. Esclarecido?

Rosmaninho disse...

Estou com um peso na consciência. Menti-te, arma. O que eu procuro mesmo são os ovos de ouro. Imagino que estejam por ali.

S. disse...

Deve ser a namorada dele, a arma. da maneira como o Edie dispara em todas as direcções.

E olha, não ligues ao Edie e aos comentários dele. Ele consegue ser muito parvo, mas porque também aguenta que lhe digam coisas do piorio.
Faz como ele, e descarrega as frustrações em cima dele. Vais ver que não é mau de todo. De vez em quando, ele até acerta nalgumas coisitas.
Vá, amiguinhos agora.

Paulo Sousa disse...

Ovos são ovos, quase todos gostamos, são bons por o serem, simples, únicos, sós. Já a maneira como gostamos deles varia;
escalfados, cozidos, estrelados, ovos moles, fios dovos, encharcada dovos, compostos, etc,etc....há sempre uma forma de como gostamos mais dos ovos.
Eu gosto deles de galinha, com casca.

Rosmaninho disse...

S., claro q não ligo ao Edie, embora ele desta vez tenha ido um bocadinho longe de mais. Eu até o compreendo, porque já trabalhei com brasileiros, uns mto bons (estás a ver o Athayde?), outros nem por isso, e às vezes são um bocadinho maltratados pelos portugueses q sentem q o trabalho lhes é "roubado". De qq forma, já está tudo resolvido e ele até me deu um beijo especial (ai a outra, ainda me vem riscar o blog).

Rosmaninho disse...

Paulo,

eu gosto de ovos de qualquer maneira: cozidos, estrelados, em claras batidas, quase tudo menos em gemada. Faz-me cócegas na língua e não suporto aquilo. Agora, se me falares de uns ovos moles, de umas trouxas, de uns papos de anjo, de umas fatias de tomar, não há nada que me faça resistir. Nem mesmo os quilos a mais. E, claro, têm que ser de galinha.

S. disse...

Olha que, se deixares, o Edie dá mesmo!!